Entretenimento

Palácio de Kensington reabre com exposições sobre princesa Diana e rainha Vitória

EFE
Foto de princesa Diana é exposta no Palácio de Kensington, em Londres (20/3/12) Imagem: EFE

20/03/2012 13h22

Após dois anos fechado para uma ampla reforma de restauração, o Palácio de Kensington reabrirá suas portas ao público na próxima semana com uma exposição de vestidos de gala da princesa Diana e uma mostra sobre a vida da rainha Vitória.

O histórico palácio será aberto ao público a partir do dia 26 de março, data em que serão inauguradas ambas as exposições. A reabertura do Kensington também faz parte das comemorações do Jubileu de Diamantes, os 60 anos de trono da rainha Elizabeth II.

Construído em 1605 e adquirido pelo rei William III em 1689, o Palácio de Kensington, próximo ao Hyde Park, foi residência de vários membros da realeza, entre eles a princesa Margaret, irmã de Elizabeth II, a princesa Diana e seus dois filhos, os príncipes William e Harry.

Alguns dos vestidos da princesa Diana já foram exibidos à imprensa nesta terça-feira. No entanto, a maioria das peças, que também possui grande relevância histórica, não tinha sido exibida desde que foram usadas.

Entre as peças selecionadas para exposição, aparece um vestido preto, assinado pelo estilista britânico David Emanuel, que foi usado por Diana no dia de seu compromisso oficial com o príncipe Charles.

Outros dois modelos assinados pela estilista francesa Catherine Walker, a modista favorita da princesa Diana, também estarão presentes na mostra: um marfim e o outro em tons de fúcsia.

A mostra também inclui um elegante vestido de coquetel, desenhado por Gianni Versace, que a princesa usou na pré-estreia do filme "Apollo 13 - Do Desastre ao Triunfo" em Londres, assim como o famoso vestido de coquetel branco e preto, usado por Diana em inúmeras ocasiões.

Em sua reabertura, o Palácio também apresentará ao público uma grande exposição sobre a vida da rainha Vitória (1819-1901), a monarca que mais tempo ficou no trono britânico (63 anos).

A partir de 300 objetos pessoais, além de uma seleção de pequenos trechos de seus diários, a mostra, intitulada "Victoria Revealed", acompanhará toda a trajetória da rainha, incluindo "sua infância isolada no Palácio de Kensington e seu papel como esposa e mãe", explicou Deirdre Murphy, a curadora da mostra.

Entre as reformas realizadas nos últimos dois anos, que custaram 14,5 milhões de euros, as autoridades destacam a restauração de uma estátua da rainha Vitória e a reestruturação dos jardins adjacentes, onde foi criada uma grande e nova entrada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo