Topo

Entretenimento

Hollywood se enfeita para celebrar a 84ª edição dos prêmios Oscar

26/02/2012 06h42

Los Angeles (EUA), 26 fev (EFE).- A Academia de Hollywood realiza neste domingo em Los Angeles sua tradicional cerimônia de entrega dos famosos prêmios Oscar, o maior acontecimento anual da indústria do cinema, que será acompanhado por milhões de pessoas em mais de 225 países.

A festa começará a partir das 17h (horário local, 22h de Brasília) e nela está previsto que sejam distribuídas até 50 estatuetas em 24 categorias.

Centenas de funcionários correm contra o relógio para dar os últimos retoques ao centro Hollywood e Highland, complexo comercial onde fica o teatro que acolherá o evento, um auditório antes conhecido como Kodak mas que ficou sem nome devido à recente quebra da empresa fotográfica.

O bulevar de Hollywood, fechado para o tráfego há dias, foi transformado em um enorme set cinematográfico que escondeu temporariamente parte do Passeio da Fama e o asfalto cinza sob pedaços de carpete cujos pedaços combinados dão forma a um tapete vermelho de 150 metros de comprimento e dez de largura.

Quase 90 fotógrafos deslumbrarão com seus flashes as estrelas do celuloide na entrada do recinto povoado com figuras do Oscar de grande tamanho enquanto o público que tiver a sorte de ocupar um dos 700 assentos na escadaria limite tentará chamar a atenção de seus ídolos gerando uma gritaria ensurdecedora.

Penélope Cruz, Jennifer López, Emma Stone, Angelina Jolie e Halle Berry são algumas das atrizes que passarão sobre o tapete e se submeterão à apuração dos críticos de moda encarregados de assinalar os acertos e os erros estéticos das belas do cinema.

Entre os homens, além da atenção que sempre despertam atores como George Clooney e Brad Pitt, muitos estarão pendentes do modelo que o britânico Sacha Baron Cohen vai vestir, que após uma queda de braço com a organização conseguiu que o autorizassem a ir vestido como o histriônico ditador que interpreta em seu próximo filme, "O Ditador".

A Academia, que exige que todos os homens vão de fraque, incluindo os jornalistas, tinha pedido a Cohen que reconsiderasse seu vestuário, mas o ator terminou por fazer sua própria vontade após realizar uma campanha na internet que despertou o interesse da mídia.

No total calcula-se que 3.300 pessoas abarrotarão o teatro para acompanhar ao vivo a entrega dos prêmios que terá uma duração de três horas e contará com o ator e comediante Billy Crystal, de 63 anos, como mestre de cerimônias pela nona vez.

Tudo aponta para que "The Artist" se transformará no grande vencedor da noite; se for confirmado o resultado, seria a primeira vez que um filme francês consegue o Oscar de melhor filme e a segunda vez na história dos prêmios que uma produção muda ganha na categoria principal.

Seria preciso remontar até a primeira festa do Oscar em 1929 para encontrar um caso similar; daquela vez o vencedor foi "Asas", mas então o cinema fazia sua transição para o mundo sonoro.

Também se destaca a mais que possível vitória de Christopher Plummer como melhor ator coadjuvante por "Toda Forma de Amor", já que se tornaria a pessoa de mais idade a ficar com o prêmio: 82 anos.

Os nomes dos ganhadores da 84ª edição dos prêmios Oscar sairão da apuração de votos dos 5.783 membros da Academia com direito a participar do voto e que são majoritariamente homens de raça branca com mais de 60 anos.

Somente 2% dos eleitores são latinos, a mesma percentagem que no caso dos afro-americanos.

Os menores de 50 anos representam apenas 14% dos eleitores.

Após a cerimônia se realizará o conhecido Baile do Governador, um luxuoso jantar no qual os convidados poderão degustar um menu de tampas criado pelo cozinheiro austríaco Wolfgang Puck e no qual não faltará o caviar (até 5 quilos) ou uma fonte de chocolate.

A organização disporá no mesmo salão de postos para que os ganhadores de estatueta possam gravar seu nome na placa do dourado troféu de rosto anônimo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento