Topo

Entretenimento

Após tumulto, Mocidade Alegre é declarada campeã do Carnaval de São Paulo

22/02/2012 06h13

São Paulo, 21 fev (EFE).- A escola de samba Mocidade Alegre se sagrou campeão do carnaval de São Paulo após a apuração ser interrompida devido a um tumulto causado por torcedores insatisfeitos com os resultados.

Segundo a Liga Independente de Escolas de Samba de São Paulo, organizadora dos desfiles, como a interrupção aconteceu quando só faltava um quesito para ser avaliado, manteve-se a pontuação obtida até o momento que começou a confusão.

A Mocidade Alegre fez um desfile em homenagem ao centenário do nascimento do escritor Jorge Amado, que é comemorado este ano.

A decisão de reconhecer a escola campeã foi tomada em reunião realizada entre os presidentes das escolas de samba, na qual se confirmou os 160 pontos alcançado pela agremiação.

Em segundo lugar, a dois décimos, ficou a Rosas de Ouro, que teve como enredo a chegada dos imigrantes húngaros ao Brasil.

As escolas Camisa Verde e Branco e Pérola Negra ficaram nas últimas colocações e foram rebaixadas. A Nenê de Vila Matilde e Acadêmicos de Tatuapé, primeira e segunda do Grupo de Acesso, subiram para o Grupo Especial.

A confusão durante a apuração começou quando um representante da escola Império de Casa Verde, Tiago Ciro Tadeu Faria, de 29 anos, invadiu o local onde eram lidas as notas, no Sambódromo do Anhembi, e rasgou os envelopes durante a divulgação dos pontos do último quesito.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento