Topo

Entretenimento

Centenário de nascimento de Jorge Amado marca o carnaval 2012

19/02/2012 19h03

Rio de Janeiro, 19 fev (EFE).- O escritor Jorge Amado, que faleceu em 2001, é o literato mais internacional do Brasil e também o protagonista de inúmeras homenagens neste carnaval, que é marcado pelo centenário de seu nascimento.

Nascido no dia 10 de agosto de 1912, em Salvador, o escritor foi homenageado em sua cidade natal, que teve as ruas do centro histórico decoradas, e também apareceu como tema dos enredos de duas escolas de samba, uma do Rio de Janeiro e outra de São Paulo.

A escola paulistana Mocidade Alegre, que foi desfilou na madruga do sábado para o domingo, apresentou um enredo dedicado especificamente ao romance "Tendas dos milagres", que aborda a relação da cultura africana com o estado da Bahia.

"Jorge, orgulho da nação; Amado, em cada coração", era cantado nas estrofes do animado samba-enredo da Mocidade, que, por sinal, foi uma das escolas mais elogiadas entre as escolas de São Paulo.

A vida e os 33 romances de Jorge Amado, traduzidas em 42 idiomas, também serviram de base para o enredo da escola Imperatriz Leopoldinense, que passará pela Sapucaí na noite deste domingo, às 23h10 (horário de Brasília), no primeiro dia de desfiles das escolas de samba do carnaval carioca.

A Imperatriz, inclusive, se inspirou nos sucessos literários de Jorge amado, como "Dona Flor e Seus Dois Maridos" e "Capitães da Areia", para elaborar seus carros alegóricos.

As ruas de Salvador, onde é realizado um dos carnavais mais tradicionais do país, estavam decoradas com figuras que lembravam Jorge Amado, como livros, máscaras e alguns de seus personagens.

As autoridades decoraram especialmente a praça do Pelourinho, no coração da cidade, onde se encontra a Fundação Casa de Jorge Amado, um pequeno museu que exibe inúmeras capas de livros do escritor.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento