Entretenimento

Feira de arte contemporânea em Madri apresenta produção da América Latina

15/02/2012 14h47

Madri, 15 fev (EFE).- A Feira Internacional de Arte Contemporânea (ARCOmadrid), inaugurada nesta quarta-feira, aposta nesse ano na presença de quase trezentos colecionadores internacionais, além de obras que serão exibidas em 215 galerias de 29 países, entre eles o Brasil.

Na 31ª edição do evento, a América Latina tem um destaque especial. A seção "Solo Projects: Focus Latinoamérica" apresenta o trabalho produzido na região, graças a pesquisa de seis curadores que selecionaram projetos da atual cena latino-americana.

Um deles é o crítico e professor brasileiro Cauê Alves. Os seis profissionais selecionaram 23 projetos de artistas e galerias da América Latina para serem exibidos na feira.

Na cerimônia de inauguração, a argentina Sonia Becce disse que o trabalho realizado junto aos outros curadores começou há um ano, e explicou que os projetos foram escolhidos de um total de 60 propostas recebidas.

"Nossa intenção é mostrar o que acontece hoje na arte contemporânea latino-americana, dar visibilidade a essa energia e multiplicidade de linguagens", afirmou Sonia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo