Topo

Entretenimento

Vila Isabel vence Carnaval do Rio com desfile sobre vida no campo

13/02/2012 15h24

Rio de Janeiro, 13 fev (EFE).- A escola de samba Unidos de Vila Isabel se sagrou campeã do Carnaval do Rio de Janeiro com um belo e colorido desfile sobre o homem do campo e os costumes do interior do país.

A escola foi a última a desfilar no Sambódromo no segundo dia de desfiles, já na madrugada de terça-feira, com o enredo "A Vila canta o Brasil celeiro do mundo: água no feijão que chegou mais um...".

Ao final da apuração, a Vila Isabel somou 299,7 pontos, de um máximo de 300. A escola superou por três décimos a Beija-Flor, que ficou em segundo lugar, com 299,4 pontos, com um desfile sobre os cavalos mangalarga, raça tipicamente brasileira.

Apesar de ser a última escola a desfilar, a Vila Isabel emocionou o público presente na Marquês de Sapucaí com um belo samba, composto por Martinho da Vila, Arlindo Cruz, André Diniz, Tunico da Vila e Leonel. Além disso, outros destaques foram os carros-alegóricos e as fantasias, que fizeram referência ao homem do campo, seus hábitos alimentares, crenças e festas populares.

Dos dez quesitos avaliados pelo júri, a Vila Isabel obteve a nota máxima em oito. O título deste ano é o terceiro da escola Isabel após as vitórias de 1988, com o histórico "Kizomba, a festa da raça", e de 2006, com uma homenagem à integração latino-americana.

A Unidos da Tijuca, campeã do ano passado, ficou com o terceiro lugar, com 299,2 pontos, com um desfile sobre a Alemanha.

O quarto lugar foi para a Imperatriz Leopoldinense, com 298,3 pontos, que após anos de desfiles ruins voltou aos primeiros lugares. A escola levou para a avenida um enredo sobre o estado do Pará. Em quinto, com 297,9 pontos, ficou a Salgueiro, com um desfile dedicado à fama.

Em último lugar entre as doze escolas do Grupo Especial, com 291,1 pontos, ficou a Inocentes de Belford Roxo, que fazia sua estreia na elite do samba e que no ano que vem voltará para o Grupo de Acesso.

Tanto a Inocentes como a Unidos de Vila Maria, escola rebaixada no Carnaval de São Paulo, fizeram desfiles sobre os cinquenta anos da chegada ao país dos primeiros imigrantes da Coreia do Sul.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento