Entretenimento

Bogotá se enche de magia com a chegada dos melhores ilusionistas do mundo

08/02/2012 06h10

Albert Traver.

Bogotá, 8 fev (EFE).- O Mundial de Magia está reunindo em Bogotá os melhores ilusionistas do mundo, sob a batuta do colombiano Gustavo Lorgia, organizador deste encontro e que completa seus 40 anos de carreira.

O grande mágico colombiano viu seu sonho se tornar realidade: reunir pela primeira vez "tantos mágicos internacionais" na capital colombiana, disse em entrevista à Agência Efe.

O encontro de mágicos está sendo realizado até o dia 12 de fevereiro com atrações simultâneas em dois teatros de Bogotá: William Shakespeare e colégio Ginásio Moderno.

O Mundial reúne figuras como o americano Dale Salwak, diretor da Chavez School of Magic, a maior escola de mágica internacional; o espanhol Jorge Blass e o argentino Michel, especialista em mentalismo.

O chileno Juan Varela mostra na capital colombiana uma técnica para que as pessoas cegas possam vivenciar a magia.

Entre as novas promessas do mundo fantástico estão o colombiano Juan Alvarez, ganhador do prêmio Mágico Revelação nos Prêmios de Mágica na Argentina.

O mestre de cerimônias, Lorgia, explicou à Efe que o Mundial de Magia de Bogotá "não é um espetáculo infantil nem adulto, mas tem um enfoque familiar, onde tanto o avô como a criança irão se perguntar como isso aconteceu?".

"A mágica é a arte de entreter e divertir com técnicas aparentemente sobrenaturais; mas nós somos atores, magos, que temos a habilidade e a prática para aparentemente fazer milagres", explicou Lorgia, definindo a arte da magia.

Neste debate sobre a mágica, o mexicano Joaquin Kotkin, discípulo de David Copperfield e especialista em magia bizarra, garantiu à Efe que esta arte não é uma enganação, mas uma ilusão que leva as pessoas a "descobrirem sua criança interior e recuperar essa capacidade de assombro que autossabotamos através do tempo com o estresse do dia a dia".

Conhecido como "o Mago da Meia Barba", Kotkin confessou que "o mais bonito na mágica, mais até do que o aplauso que no fundo é uma convenção social, é o assombro; o aplauso de pé não é nada comparado a esse sentimento".

Além do Mundial de Magia, Lorgia organizou o Congresso Internacional de Magia Intermagic 2012. "No Intermagic reunimos 300 mágicos de todo o mundo para conferências, seminários, oficinas e mais de 20 lojas internacionais onde os mágicos poderão comprar desde um simples lenço até um grande efeito para fazer desaparecer um elefante", garantiu o mágico.

De acordo com Lorgia, este congresso reúne "mágicos profissionais e amadores, médicos e advogados por exemplo, que têm esta arte como hobbie".

Esta grande reunião de mágica dá continuidade ao Festival Internacional do Humor, realizado em Bogotá em 2010 e que teve uma grande presença de mágicos, entre eles o espanhol Juan Tamariz, casado com a mágica colombiana Consuelo Lorgia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo