Entretenimento

Primeiras telas de Renoir são destaques de nova exposição em NY

Dominique Fage / AFP
Pintura "Autorretrato", de Pierre-Auguste Renoir, é exibida na mostra "Paixão por Renoir" no Museu do Prado, em Madri (18/10/2010) Imagem: Dominique Fage / AFP

Nova York

07/02/2012 16h03

Parisienses passeando por belas paisagens e casais dançando são alguns dos temas explorados por Pierre-Auguste Renoir nos primeiros quadros da pintura impressionista, os quais poderão ser vistos em uma exposição que estreia nesta terça-feira (7), em Nova York.

Colin Bailey, subdiretor da exposição "Renoir, Impressionismo e Pintura de Corpo Inteiro", organizada pela Frick Collection, destacou que estas nove telas, compostas de dançarinos e parisienses, eram "o que o público pode conferir quando viu o Impressionismo pela primeira vez em Paris".

Duas das telas, "A dançarina" e "A parisiense" - ambas de 1874 - fizeram parte da primeira exibição do embrionário movimento impressionista, organizada em 1874 na capital francesa por pintores como Claude Monet, Edgar Degas, Camille Pissarro e Paul Cézanne.

Os quadros desta mostra, pintados por Renoir entre 1874 e 1885, são ícones do Impressionismo, "embora habitualmente este movimento seja associado com quadros pequenos, pintados com rapidez e ao ar livre, e não com estas pinturas monumentais e figurativas", explicou Bailey.

"As pinturas de Renoir desta época, quando ele ainda era um artista jovem, são declarações públicas de sua arte, já que ele se considerava como um pintor figurativo. Era o que mais chamava sua atenção como artista", assinalou Bailey. O trabalho de Renoir também exerceu, segundo o especialista, uma forte influência em outros artistas, como Pablo Picasso e Henri Matisse.

As nove pinturas que serão expostas a partir desta terça-feira em Nova York pertencem aos fundos de outros importantes museus de Londres, Paris e Boston.

"'Os guarda-chuvas', por exemplo, não tinham estado em Nova York desde 1886", assinalou Bailey, que considerou que esta mostra, que ficará aberta até 13 de maio, é uma "oportunidade única" para contemplar algumas das primeiras pinturas do mestre francês. Segundo Bailey, "essa será a primeira vez que estas pinturas estarão juntas em uma sala".

A exposição também exibirá ao público vídeos explicativos, catálogos e conferências, todas com o objetivo de indagar a técnica usada por Renoir em suas telas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo