Entretenimento

Pintor David Hockney se destaca como paisagista em sua nova exposição em Londres

EFE
David Hockney posa em frente a sua obra "The Arrival Of Spring In Woldgate, East Yorkshire in 2011" na Royal Academy de Londres, Reino Unido (16/01/12) Imagem: EFE

17/01/2012 14h50

David Hockney, considerado o mais importante pintor britânico vivo, se consagra como um verdadeiro paisagista em sua nova exposição na Royal Academy of Arts de Londres, a qual será inaugurada neste fim de semana.

Intitulada "A Bigger Picture" (Uma imagem maior, em livre tradução), a mostra foi apresentada nesta terça-feira e, apesar de não ser uma retrospectiva, inclui inúmeras obras do artista, sendo que a maioria é de tela sobre óleo e aquarelas. No entanto, a mostra também inclui algumas elaboradas com o iPad.

Aos 74 anos, Hockney, que vive em seu no norte da Inglaterra após décadas nos Estados Unidos, é um apaixonado pelas novas tecnologias. Se antes a sensação era a Polaroid, agora o artista se entrega de corpo e alma aos suportes digitais, como o tablet da Apple e o iPhone.

"O que ele gosta nestes meios, que utiliza diariamente para enviar mensagens visuais para família e amigos, é que pode pintar em minutos o que levaria horas, isso sem se preocupar com a captação de luz", explicou o curador da exposição, Marco Livingstone.

Com uma técnica impecável, Hockney se maneja sua aplicações pictóricas do iPad com a mesma habilidade dos pincéis e da tinta óleo, que também continuam sendo a base da maioria de suas obras, algumas delas gigantescas, como "The Arrival of Spring in Woldgate, East Yorkshire (2011)", uma das joias desta mostra.

Pintada sobre 32 telas, este quatro retrata com vivas cores a chegada da primavera em um recorte da floresta de Woldgate, no leste de Yorkshire, e reflete o meticuloso interesse do artista pela paisagem, uma de suas dedicações na juventude.

A exposição recolhe algumas das primeiras paisagens pintadas por Hockney quando ainda era estudante em Bradford, cidade onde nasceu em 1937, e outros de seus anos na Califórnia (EUA), onde foi morar no ano de 1964 em busca da luz que não encontrava na Inglaterra.

Com uma personalidade forte e totalmente dedicado à criação, David Hockney é considerado pela crítica o maior artista britânico vivo, embora o mais cotado seja o multimilionário Damien Hirst e que, em termos artísticos, são considerados opostos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo