Entretenimento

Livro sobre Obama retrata incômodo de Michelle dentro da Casa Branca

Reprodução/White House
Barack Obama, presidente dos EUA, e Michelle Obama, sua esposa, em gravação de mensagem para conferência anti-bullying Imagem: Reprodução/White House

07/01/2012 09h24

Washington - Um novo livro sobre Barack e Michelle Obama retrata a tensão e o incômodo da primeira-dama na Casa Branca, além de seus frequentes choques com os conselheiros do presidente dos Estados Unidos, informou o "The New York Times" nesta sexta-feira (6).
 
Em uma prévia do livro "The Obamas", que será publicado na próxima semana, a autora Jodi Kantor expõe as dificuldades de adaptação de Michelle Obama em sua condição de primeira-dama.
 
"Michelle Obama é uma esposa solidária, mas frequentemente ansiosa e receosa quanto ao pensamento político convencional, uma figura rompedora que sentiu agudamente a pressão e as possibilidades de ser a primeira afro-americana em sua posição", indica a jornalista do "New York Times".
 
O livro apresenta um retrato da tensão entre a Ala Oeste (área oficial e de trabalho) e a Ala Leste (zona privada, onde vive a família presidencial), com Michelle Obama como figura central destes choques.
 
"Frequentemente ela era mais dura com a equipe de assessores de seu marido que o próprio presidente, chegando inclusive a exigir a substituição de alguns deles, e as tensões cresceram de maneira tão grave que um dos conselheiros principais do presidente explodiu em reunião em 2010, criticando a primeira-dama", ressalta Jodi.
 
A jornalista, que baseia seu livro em dezenas de entrevistas com assessores presidenciais e amigos da família Obama, revela que a dificuldade para fazer com que Michelle Obama participasse de eventos oficiais se tornou uma brincadeira interna na Casa Branca.
 
O relato expõe ainda os problemas da primeira-dama para assumir seu novo papel e a constante atenção midiática.
 
"Enquanto o presidente acha Camp David (a residência de veraneio presidencial) artificial e distante, o local encanta Michelle porque lá ela pode passear livremente, sem fotógrafos curiosos", acrescenta Jodi.
 
Por outro lado, o livro relata também o interesse de Michelle em apoiar o marido, e assegura que as tensões foram diminuindo com a passagem do tempo.
 
"Descubram como podem me usar de maneira efetiva, essa é a minha prioridade", diz Michelle Obma sobre sua posição como primeira-dama, aponta a nova publicação. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo