Entretenimento

Pinturas rupestres de quase 2 mil são encontradas no México

06/01/2012 23h40

México, 6 jan (EFE).- Arqueólogos mexicanos encontraram cerca de três mil pinturas rupestres, algumas de quase dois mil anos, no estado central de Guanajuato, anunciou nesta sexta-feira o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH).

Fontes da instituição indicaram à Agência Efe que estas descobertas ocorreram entre agosto e outubro de 2011, mas só foram anunciadas depois de os especialistas terem confirmado sua antiguidade.

A localização destes vestígios se insere no projeto Arte Rupestre na Bacia do Rio Victoria - que abrange a zona semidesértica dos estados de Querétaro e Guanajuato -, desenvolvido por especialistas do INAH e dirigidos pelo arqueólogo Carlos Viramontes.

A instituição indicou em comunicado que as representações foram encontradas em 40 locais diferentes, em uma zona árida no nordeste de Guanajuato.

O INAH acrescentou que as imagens mais antigas aludem a rituais de passagem, cura, pedidos por chuvas e culto às colinas, elaboradas por antigas sociedades de caçadores coletores que ocuparam essa região nos séculos iniciais do primeiro milênio da nossa era.

Estas pinturas, nas quais predominam as cores amarelo, vermelho e preto, em geral representam figuras humanas com uma espécie de chapéus e escudos, assim como alguns instrumentos não identificados ainda. Em algumas ocasiões, também mostram arcos e flechas em cenas de caça ou de guerra.

"Também há grande diversidade de animais, principalmente cervos, canídeos, insetos e aracnídeos, além de grande quantidade de aves, geralmente com asas estendidas, junto a círculos radiados que provavelmente são representações solares", assinalou Viramontes.

O arqueólogo explicou que para os antigos caçadores coletores "modelar imagens em rocha ia além de deixar marcas da memória coletiva de momentos históricos, climáticos e rituais, já que para eles os abrigos rochosos utilizados para pintar eram o ponto de contato entre o mundo material e o espiritual".

As novas descobertas se somam às realizadas em mais de 70 locais com arte rupestre encontrados em Guanajuato desde o final da década de 80.

A pintura rupestre mais antiga documentada no México até o momento se encontra no estado da Baixa Califórnia e data de 7.400 anos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo