Entretenimento

Wachiturros, o fenômeno musical do ano na Argentina

16/12/2011 18h29

Elena Arsuaga.

Buenos Aires, 16 dez (EFE).- Os Wachiturros, um grupo juvenil de cumbia que ganhou fama com uma música denunciada por plágio, se transformaram na banda do momento na Argentina e foi o segundo termo mais procurado do ano na internet no país, superados apenas pelo Facebook, segundo anunciou nesta sexta-feira o Google.

O grupo, integrado por seis jovens de Buenos Aires, a maioria menores de idade, com 19,2 milhões de resultados no Google, aparições nos principais programas da televisão argentina e shows por todo o país, é a sensação musical do ano, apesar de contar com tantos detratores quanto admiradores.

O nome da banda deriva de 'wacho', que na gíria argentina significa "órfão" e que hoje se utiliza como sinônimo de "colega"; e 'turro', que quer dizer "incapaz, inepto", ou, no sentido pejorativo, "sem-vergonha".

O grupo ficou famoso no país com uma coreografia particular e a música "Tírate un paso", que já vendeu 10 mil cópias e provocou uma denúncia por plágio pelo músico porto-riquenho Rey Pirín.

O sucesso também foi marcado por outra polêmica, já que um dos membros fundadores do grupo criou outra banda que também ganhou a preferência dos jovens "cumbieros" e reivindicou o posto de criador do denominado "movimento turro" na Argentina.

A febre dos Wachiturros ultrapassou as fronteiras argentinas, com shows e aparições em países vizinhos. "Estamos indo bem no Chile e já fizemos várias apresentações", declaram os jovens em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo jornal "Clarín".

Memo, o DJ do grupo, acredita que os "turros" fazem sucesso porque "as pessoas se cansaram das bandas que falam de droga e roubos".

"Ocupamos um lugar privilegiado e estamos rodeados de invejosos", lamentou.

"Se os Wachiturros ganharem algum prêmio, (Carlos) Gardel se levanta do túmulo e confirma que era franco-uruguaio", escreveu hoje um usuário do Twitter em referência à polêmica pelo local de nascimento do cantor de tangos.

"Você sabe que o mundo está mal quando os Wachiturros são os mais buscados no Google em vez de serem o mais procurados pela Polícia", afirmava outro tweet contundente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo