Topo

Entretenimento

Martin Boyce conquista Prêmio Turner 2011 de arte contemporânea

05/12/2011 19h55

Londres, 5 dez (EFE).- Com uma homenagem muito pessoal à arquitetura modernista, o artista escocês Martin Boyce conquistou nesta segunda-feira o Prêmio Turner 2011 de arte contemporânea, um dos mais importantes e controversos do mundo.

O prêmio, no valor de 29 mil euros, foi anunciado pelo fotógrafo Mario Testino, em uma cerimônia na Galeria Baltic, em Gateshead, no nordeste da Inglaterra.

Boyce, que era o favorito nas casas de apostas, superou o pintor George Shaw, a videoartista Hilary Lloyd e a criadora de instalações Karla Black.

Ao receber o prêmio, o artista escocês disse que se sentia "surpreso e emocionado", e explicou que seu trabalho trata sobre "o espaço, os espaços entre as esculturas e as esculturas em si mesmas".

A obra de Boyce, "A Library of Leaves", consiste em um parque escultórico elaborado com árvores de cimento e folhas de papel, idealizado a partir de uma mesa de trabalho desenhada pelo francês Jean Prouvé nos anos 1920.

Segundo os críticos, o grande acerto de Boyce é saber se movimentar entre a rudeza dos elementos urbanos e a poesia, conseguindo criar uma linguagem própria que convenceu os membros do júri.

Os prêmios Turner reconhecem anualmente o trabalho dos artistas de qualquer nacionalidade menores de 50 anos que moram ou realizam seus trabalhos no Reino Unido.

Nas últimas três décadas, o prêmio já distinguiu artistas como Anish Kapoor, Damien Hirst e Steve McQueen. EFE

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento