Entretenimento

China proíbe anúncios nas séries de televisão

29/11/2011 03h57

Pequim, 29 nov (EFE).- A partir do 1º de janeiro DE 2012, os canais de televisão chineses serão proibidos de interromper séries e telenovelas com pausas para propaganda, informou em comunicado a Administração Estatal de Rádio, Cinema e Televisão (SARFT).

A proibição, "parte dos esforços para melhorar os serviços culturais ao público", proíbe estes anúncios a fim de "garantir a integridade e a coerência do roteiro", assinalou um porta-voz da SARFT citado pela agência oficial "Xinhua".

A SARFT pede às televisões para modificar o mais rápido possível seus grades para pôr em prática o ordem, assinalando que a desobediência será respondida com "duros castigos".

A instituição, encarregada também da censura no setor audiovisual nacional, também pede aos telespectadores que colaborem no cumprimento desta nova normativa, denunciando qualquer descumprimento.

A regulação, analisa a imprensa independente, causou preocupação nos canais televisivos chineses, que temem uma queda em suas receitas por não poder aproveitar um dos gêneros mais populares entre os espectadores do país asiático, onde a maioria das séries transmitidas são de produção própria. EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo