Entretenimento

Apesar dos escândalos, James Murdoch é reeleito presidente da "BSkyB"

29/11/2011 16h02

Londres, 29 nov (EFE).- James Murdoch, presidente da News International, foi reeleito nesta terça-feira, com ampla maioria, o presidente do maior canal britânico de televisão por assinatura, o "BSkyB".

Segundo a companhia britânica, o filho do magnata Rupert Murdoch, que aos 80 anos preside a News Corporation, alcançou o apoio de 81,24% do conjunto de acionistas de "BSkyB". Apenas 18,76% dos presentes votaram contra James.

Apesar das críticas por sua atuação à frente da News International, principalmente após o caso das escutas ilegais envolvendo o extinto tablóide "News of the World", James Murdoch, de 28 anos, conseguiu ser reeleito como o responsável pelo "BSkyB".

Além do fechamento do tablóide, a crise das escutas telefônicas, que veio à tona no último mês de julho, fez com que os Murdoch desistissem da tentativa de obter o controle total do conjunto de acionistas da plataforma britânica de televisão.

Alguns acionistas do "BSkyB" tinham reivindicado a demissão de James Murdoch alegando que sua presença na cúpula poderia prejudicar a imagem da companhia, já que seu nome foi muito mencionado nos escândalos que resultaram no fechamento do "News of the World".

Nesta terça-feira, em frente à sede da companhia, um grupo de manifestantes expressou seu descontentamento com James Murdoch. Segundo fontes da polícia, as escutas telefônicas afetaram aproximadamente 5,8 mil pessoas.

Na última semana, o reeleito presidente da BSkyB renunciou ao cargo de diretor das empresas que publicam os jornais britânicos "The Times", "The Sunday Times" e "The Sun", todos eles propriedade de seu pai.

James Murdoch, que até o caso das escutas telefônicas era considerado o herdeiro do império midiático britânico, teve que comparecer em duas ocasiões ao Parlamento britânico para justificar seu possível envolvimento neste escândalo. EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo