Entretenimento

Hollywood homenageia produtora de Almodóvar por seu 25º aniversário

Agencia EFE

08/11/2011 04h44

Los Angeles (EUA), 8 nov (EFE).- O festival de cinema do American Film Institute homenageou nesta segunda-feira os 25 anos da produtora de Pedro Almodóvar, El Deseo, com uma exibição especial do filme "A Lei do Desejo" que contou com a presença do próprio diretor e do ator Antonio Banderas.

O evento aconteceu no Teatro Chinês, muito perto do Kodak Theater onde o cineasta recebeu seus dois prêmios Oscar, diante de uma audiência de centenas de pessoas que ficou de pé para receber o diretor de "Volver" e "Mulheres À Beira de um Ataque de Nervos".

"Isto é muito emocionante", disse Almodóvar à Agência Efe antes da projeção do filme, o primeiro produzido pela El Deseo e que estreou em 1987, uma época na qual o diretor "não imaginava em absoluto" conseguir triunfar na Meca do cinema.

"Já era suficiente poder terminar esse filme. Eu sempre gostei do cinema daqui, mas felizmente quando Hollywood me propôs fazer filmes eu já era consciente que minha ambição não era fazê-los aqui, segundo o sistema de produção dos estúdios", comentou Almodóvar.

O cineasta construiu então uma trajetória fiel a um estilo muito pessoal que o levaria a conseguir várias indicações e duas estatuetas do Oscar por "Tudo Sobre Minha Mãe" (Melhor Filme Estrangeira) e "Fale com Ela" (Melhor Roteiro).

"O sucesso que tive neste país e os Oscar que me deram fizeram muito bem para minha vaidade, mas não mudaram nem minha vida nem minha carreira. Como diretor eu sigo ligado à minha cultura e à minha língua", afirmou.

Neste ano, o diretor pode repetir o sucesso nas premiações com "A Pele que Habito", ainda que a Academia da Espanha não tenha escolhido seu filme para representar o país na cerimônia do Oscar.

O espanhol apostou na possibilidade do compositor Alberto Iglesias de disputar a estatueta de Melhor Trilha Sonora por seu trabalho em "A Pele que Habito".

Sobre o palco do Teatro Chinês, Almodóvar dedicou palavras de agradecimento ao trabalho de bastidores feito por seu irmão, Agustín, que é seu sócio na produtora.

"Às vezes tenho a impressão que meu irmão está neste mundo para me proteger, e faz isso como o melhor produtor com que pude sonhar", declarou o espanhol após a exibição de um vídeo em homenagem aos 13 filmes que fizeram com o selo da El Deseo.

"É como se tivéssemos razão nas decisões que tomamos na produtora desde o princípio com um cinema que podia ser difícil para o público", disse à Efe Agustín Almodóvar.

Já Antonio Banderas, protagonista de cinco longas do diretor espanhol, ressaltou que Almodóvar "apresenta algo novo" em um mundo no qual se tende "a globalizar tudo, inclusive os sentimentos". EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo