Entretenimento

Gisele Bündchen volta ao Brasil e ilumina a passarela do SP Fashion Week

Agencia EFE

04/11/2011 00h37

São Paulo, 4 nov (EFE).- A estrela do segundo dia da São Paulo Fashion Week foi mais uma vez a modelo brasileira Gisele Bündchen, que veio especialmente para o desfile Outono-Inverno da marca Colcci, que fechou a noite desta terça-feira no Parque Villa Lobos, território da moda na capital paulista.

"Ela sempre fica muito nervosa antes de entrar em qualquer passarela, ainda mais quando ela está no Brasil. A energia dela muda o ambiente e nós nos inspiramos muito no estilo dela - de jeans, tênis e blusinha - para fazer a coleção da Colcci, pois ela representa muito bem esse estilo 'street'", contou à Agência Efe a estilista da moda feminina da Colcci, Adriana Zucco.

A top, que veio especialmente para o desfile, estava animada para sua quarta participação na maior semana da moda da América Latina, desde 2013, quando ela retornou às passarelas brasileiras.

"Deixe a luz entrar. Bom dia, Brasil!", escreveu esta manhã em sua fanpage. E ela iluminou mesmo com glamour e exclusividade em duas aparições no desfile da marca brasileira, vestindo um vestido curto com texturas geométricas em lã no tom marrom com detalhes em caramelo.

Depois, bem despojada e espontânea, vestiu um modelo todo em jeans moderno e lavado, que representa a identidade do desfile da marca: "moda da vida real".

Em um line up bem estilizado, a Colcci trouxe a esta 38ª edição do evento peças bem urbanas e elegantes como os vestidos em jeans, saias e casacos estruturados e também itens inspirados nos anos 1960 e 1990, como minissaias, parkas, trenchs, jaquetas e detalhes em couro, valorizando a sensualidade feminina.

Detalhes na estamparia militar, padronagens gráficas, rasgos e lavagens modernas no jeans, que é matéria prima da marca, traduziram a inspiração em cidades como Nova York, Londres, Paris, Tóquio e São Paulo, que a estilista Adriana Zucco e Jeziel Moraes apostaram para esta edição.

Mantendo a tradição, a Colcci trouxe mais uma vez seu estilo confortável "sportwear" como as calças boyfriend, mas com um toque especial: o da alfaiataria, que se evidencia como forte tendência da próxima estação.

Brilhando também na alfaiataria, o estilista brasileiro Reinaldo Lourenço, abriu os desfiles deste segundo dia, trazendo alta costura e alfaiataria às passarelas.

Além da família Lourenço, no casting de desfiles externos estiveram a marca Pat Pat's, que trouxe uma linha mais urbana, inspirada no "normcore" com estampas criadas pela designer Valentina Falk.

Como de costume, a marca Lollita mostrou que neste outono-inverno é possível usar lã com brilho em vestidos e saias lápis tricotadas, especialmente nas cores preta, cinza e marrom. O laranja e o amarelo apareceram em detalhes dando um ar mais despojado às peças.

Em seguida, foi a vez das estreantes Giuliana Romanno e João Pimenta, que abusaram dos cortes geométricos nos tradicionais padrões da alfaiataria.

Para amanhã, a novidade é o lançamento da coleção da estilista inglesa Stella McCartney para a C&A, uma forma de popularizar peças de alta costura no dia a dia das brasileiras.

Também marcam presença neste terceiro dia os aclamados Alexandre Herchcovitch, Lilly Sarti, Ronaldo Fraga e Vitorino Campos, que mostra sua coleção própria. Na lista mais despojada estão Ellus, Iódice, Triton e Sacada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo