Entretenimento

Governo de Cuba abre bar dedicado a Hemingway em Washington

Agencia EFE

04/11/2011 13h33

Washington, 4 nov (EFE).- O Governo de Cuba inaugurou dentro do Escritório de Interesses Cubanos em Washington o bar Hemingway, uma homenagem ao célebre escritor americano, que também mostra o esforço de Havana em criar vínculos com a opinião pública americana.

"Me perguntaram muitas vezes o motivo desta humilde homenagem, mas a resposta está no pouco do que se diz e escreve nos Estados Unidos sobre a estreita relação desta figura transcendental da literatura com Cuba", explicou o titular do Escritório, Jorge Bolaños, durante o ato de inauguração nesta quinta-feira à noite.

O escritor Ernest Hemingway passou parte de sua vida em Cuba, justamente quando sua obra literária tinha grande reconhecimento. Durante esse período, o autor recebeu o Prêmio Nobel de Literatura pelo romance "O Velho e o Mar".

"Seu amor por Cuba se refletiu em muitas partes de sua obra", assinalou Bolaños, ao lembrar que, ao retornar aos EUA em 1960, gravemente doente, Hemingway exaltou a Revolução Cubana implantada no ano anterior.

Quando foi internado na Clínica Mayo, Hemingway foi questionado pelos jornalistas sobre Cuba e respondeu: "Nós, pessoas de honra, nos identificamos com a Revolução", contou Bolaños. "Isso, para nós cubanos, foi o adeus de Hemingway".

Como o embargo imposto pelos EUA contra Cuba proíbe as transações comerciais entre os cidadãos de ambos os lados do estreito da Flórida, o bar oferecerá bebidas gratuitas, como mojitos e "daiquiri Hemingway", mas não será aberto ao público.

A Fundação Finca Vigía, que leva o nome da propriedade onde Hemingway viveu nos arredores de Havana, também deverá montar exposições culturais e educativas sobre a vida e obra do autor americano durante suas duas décadas na ilha.

No entanto, mesmo que haja muitas pessoas que admiram Hemingway e as autoridades de Havana queiram usá-lo como ferramenta de diplomacia pública, isso não se traduz automaticamente em uma melhora nas relações bilaterais dos dois países, afirmam os observadores.

A inauguração do bar ocorre paralelamente aos atritos entre Washington e Havana sobre embargo, direitos humanos e livre mercado, entre outros assuntos. EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo