Topo

Entretenimento

No Brasil, Julio Iglesias diz que "era um mau cantor"

08/10/2011 18h50

São Paulo, 8 out (EFE).- Idolatrado em diversos países, entre eles o Brasil, onde inicia neste sábado uma turnê de oito shows, Julio Iglesias admitiu que "era um mau cantor" quando gravou suas músicas de maior sucesso, ao explicar sua decisão de regravá-las em seu mais recente álbum, intitulado "Volume I".

Em entrevista ao jornal "Folha de S. Paulo", um bem humorado Iglesias, de 68 anos, disse que melhora com o tempo, e "daqui a dez anos", vai estar "melhor ainda".

Canções como "Hey", "Me Esqueci de Viver" e "Manuela" fazem parte do novo trabalho do cantor, que inclui versões em português. O disco chega ao mercado sem medo da crise das gravadoras. "A música sempre vai existir. O artista sempre vai existir. O resto se arranja", ressaltou.

Depois dos Estados Unidos, o Brasil é o país que mais recebeu apresentações do cantor espanhol. Com mais de 300 milhões de cópias vendidas e gravadas em diferentes idiomas, Julio Iglesias se prepara para se apresentar neste sábado e domingo no teatro HSBC de São Paulo, e passará ainda por Olinda (11), Brasília (13) e Curitiba (15). A turnê inclui shows em Rio de Janeiro (17), Porto Alegre (20) e Florianópolis (22).

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento