Entretenimento

Malaio é condenado a pagar US$ 31 mil por difamação no Facebook

01/10/2011 05h20

Bangcoc, 1 out (EFE).- Um tribunal da Malásia condenou um homem a pagar 100 mil ringgit (US$ 31 mil) por difamar através do Facebook o centro de formação onde seu filho onde estudava, informa a imprensa local neste sábado.

O tribunal de Penang, 400 quilômetros ao norte de Kuala Lumpur, puniu Leong Yook Kong por usar a rede social para divulgar rumores de corrupção sobre o centro onde seu filho cursava mecânica, explicou seu advogado.

Leong, de 64 anos, comentou que o centro era culpado de fraude por ter suspendido seu filho em uma prova, pelo que o tribunal ditou esta condenação para ressarcir o centro pelos danos e prejuízos causados.

Segundo dados oficiais de 2010, a Malásia conta com 16,9 milhões de internautas (64,6% da população total) e 7,4 milhões de usuários de telefones de terceira geração (28%).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo