Topo

Entretenimento

Morre em Chicago Willie "Big Eyes" Smith, companheiro de Muddy Waters

17/09/2011 15h10

Washington, 17 set (EFE).- O músico de blues Willie "Big Eyes" Smith, ganhador de um Grammy e membro da banda do lendário cantor Muddy Waters, morreu na sexta-feira em Chicago aos 75 anos após sofrer um derrame, informou neste sábado seu site oficial.

"Estamos muito tristes em informar que Willie 'Big Eyes' Smith morreu na manhã de 16 de setembro de 2011 em Chicago devido a um derrame cerebral", indicou o breve comunicado disponibilizado na página do artista.

Smith, nascido em Helena (Arkansas) em 1936, coroou sua longa carreira em 2010 com o primeiro e único Grammy de sua vida, que obteve pelo álbum "Joined at the Hip", gravado ao lado do já falecido Joe Willie "Pinetop" Perkins.

Mas seus sucessos mais conhecidos são, provavelmente, os que tocou na bateria com a banda de Muddy Waters, na qual permaneceu de 1968 até 1980, marcando o ritmo de todos os discos que deram um Grammy a seu companheiro, conhecido como "o pai do blues".

Em seguida, Smith formou a Legendary Blues Band junto com "Pinetop" Perkins, Louis Myers, Calvin Jones e Jerry Portnoy, alcançando um grande sucesso dentro da cena de Chicago e chegando a fazer turnês com Bob Dylan, Rolling Stones e Eric Clapton.

Em sua carreira solo, Smith era um amante da gaita, o primeiro instrumento que aprendeu a tocar, sempre fiel ao som do blues tradicional de Chicago, onde chegou em 1953, com apenas 17 anos
"Willie 'Big Eyes' Smith era um genial e versátil bluesman de Chicago que teve uma dinâmica carreira como vocalista, baterista e gaitista. A música que criou teve um impacto indelével no gênero", disse em comunicado Neil Portnow, presidente da Academia de Artes e Ciências Fonográficas dos Estados Unidos, que concede os Grammy.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento