Entretenimento

Maestro brasileiro Roberto Tibiriçá deixa orquestra uruguaia

13/08/2011 16h57

Montevidéu, 13 ago (EFE).- O maestro brasileiro Roberto Tibiriçá deixou a direção da orquestra sinfônica uruguaia Ossodre insatisfeito com o atraso no pagamento dos salários dos músicos, confirmaram neste sábado fontes oficiais.

Devido a esse fato, foi preciso suspender o concerto que o pianista brasileiro Nelson Freire tinha previsto dar na noite de sexta-feira junto à orquestra.

Nacido em São Paulo, o maestro, que ganhou vários prêmios internacionais, estava à frente da Ossodre desde fevereiro.

Em mais de uma ocasião, o maestro tinha advertido sobre as dificuldades para realizar seu trabalho, entre elas o atraso no pagamento dos salários de 45 músicos contratados, dentre um total de 96 que integram a orquestra.

O diretor da orquestra admitiu o atraso no pagamento dos salários dos músicos contratados e o atribuiu a problemas administrativos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo