Entretenimento

Louboutin perde os direitos de usar solado vermelho

10/08/2011 21h42

Nova York, 10 ago (EFE).- A maison francesa Yves Saint Laurent (YSL) vai poder continuar vendendo nos Estados Unidos os sapatos de sola vermelha que o estilista, também francês, Christian Louboutin alegou que sua marca registrada foi copiada.

O juiz federal Victor Marrero decidiu nesta quarta-feira negar o pedido de Louboutin de impedir a YSL de comercializar sapatos com solado vermelho nos EUA, segundo o texto do mandato judicial que Agência Efe teve acesso.

O juiz do Manhattan considerou que Louboutin não conseguiu provar que seu solado vermelho precisa de proteção de seus direitos autorais, mesmo que já tenha obtido reconhecimento público o suficiente no mercado.

"Na indústria da moda, as cores servem a funções ornamentais e estéticas, vitais para uma competição robusta", acrescentou o Marrero.

O designer apresentou em abril perante esse tribunal um pedido que argumentava que o modelo de YSL era "praticamente idêntico" ao seu e isso provocava "confusão, erros e enganos entre o público consumidor".

Louboutin insiste que em 1992 foi o primeiro a usar "um toque vermelho" nos sapatos de salto alto, o que desde então se transformou em um símbolo de sua marca. Suas criações foram lançadas à fama mundial graças a séries de televisão como "Sex in the City" e "Desperate Housewifes".

Os sapatos do estilista francês, que atraiu desde a cantora Madonna até princesa Caroline de Mônaco e que podem chegar a US$ 4 mil, foram patenteados nos EUA em 2008, segundo a denúncia.

Louboutin também afirmou que desde janeiro Yves Saint Laurent vende sapatos muito similares sob marcas como "Tribute" e "Woodstock" em lojas americanas de alta costura como Barney's, Nordstrom e Saks Fifth Avenue.

O designer francês ainda exige de YSL uma indenização de US$ 1 milhão por ter supostamente roubado seu direito de "controlar sua própria reputação", mas os advogados da maison defendem que ninguém pode ter um monopólio sobre uma cor de sapatos adotadas "desde o rei Luis XIV, da França, até Dorothy em 'O Mágico de Oz'".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo