Entretenimento

Hacker britânico tinha dados de 75 mil pessoas em 16 computadores

01/08/2011 13h01

Londres, 1 ago (EFE).- Um jovem britânico de 18 anos, suposto líder do grupo de hackers LulzSec, armazenou dados de 75 mil pessoas nos 16 computadores que tinha em sua casa, revelou nesta segunda-feira durante seu comparecimento em um tribunal de Londres.

Jake Davis, que foi detido nas ilhas escocesas Shetland, no dia 27 de julho, depôs no Tribunal de Westminster após ser acusado por cinco delitos, como a invasão de um site da Agência Britânica contra o Crime Organizado (SOCA, em sua sigla em inglês) e a do Serviço Nacional de Saúde.

Davis utilizava o nome "Topiary" na internet e se identificava como porta-voz de LulzSec, um grupo de hackers que reivindicou ataques contra o Senado dos Estados Unidos, a empresa japonesa Sony, a CIA americana e o jornal britânico "The Sun".

Davis ficou em liberdade pagando uma fiança com a proibição de entrar na internet e com o compromisso de ficar na casa de sua mãe em Lincolnshire (norte da Inglaterra).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo