Entretenimento

Joe Pesci processa produtor de filme por descumprimento de contrato

27/07/2011 22h58

Los Angeles (EUA.), 27 jul (EFE).- O ator americano Joe Pesci processou o produtor de um filme sobre o mafioso John Gotti, e pediu mais de US$ 3 milhões por descumprimento de contrato, informou nesta quarta-feira o site especializado "TMZ".

Pesci, de 68 anos, denunciou Marc Fiore, produtor do filme, por aproveitar de seu nome, associado a grandes filmes do gênero como "Os Bons Companheiros" (1990) e "Cassino" (1995), para promover o projeto e depois decidir retirar a oferta de interpretar um papel protagonista no longa.

O ator sustenta no processo que o produtor mudou a proposta original para então oferecer um papel secundário e por um salário menor.

Pesci pede que a produtora lhe devolva a quantia original para interpretar o amigo próximo de Gotti, Angelo Ruggiero, já que, além disso, chegou a engordar mais de 13 quilos para encarnar esse papel.

"Joe interrompeu dieta saudável que fazia para ganhar aproximadamente 13 quilos a fim de se preparar para o papel de Ruggiero, que era conhecido por sua estatura pequena e sobrepeso", disse ao portal o advogado do intérprete.

Desde "Máquina Mortífera 4" (1998), Pesci só participou de "O Bom Pastor" (2006), onde Robert De Niro lhe reservou um pequeno papel, e o drama "Rancho do Amor" (2010), de Taylor Hackford.

Até agora, os porta-vozes da produtora não se pronunciaram a respeito. O filme será dirigido por Barry Levinson e conta com John Travolta e Al Pacino no elenco.

John Joseph Gotti (1940-2002), nascido no Bronx e conhecido como "Teflón Don" e "Dapper Don", foi o chefe da família mafiosa Gambino, uma das organizações criminosas mais importantes na história americana, que a dirigiu até sua morte por câncer há pouco mais de oito anos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo