Topo

Entretenimento

Jornalista que revelou escândalo dos grampos no Reino Unido publicará livro

25/07/2011 21h26

Nova York, 25 jul (EFE).- O jornalista britânico que revelou o escândalo das escutas ilegais do já extinto jornal "News of the World" fechou um acordo com a editora Faber & Faber para publicar um livro sobre a investigação que abalou o império do magnata Rupert Murdoch.

Nick Davies, jornalista do diário "The Guardian", chegou a um acordo com os responsáveis da Faber & Faber, vinculada ao grupo editorial nova-iorquino Farrar, Straus & Giroux, para escrever um livro chamado "Hack Attack", cuja publicação está prevista para o segundo semestre de 2012.

A editora não forneceu detalhes sobre o acordo econômico estabelecido com o jornalista.

A Polícia britânica reabriu a investigação sobre as escutas no último mês de janeiro após receber "informação nova e significativa", que provocou meses mais tarde o fechamento do jornal "News of the World".

Uma semana mais tarde, Rupert Murdoch pediu perdão e afirmou que não conhecia a magnitude do caso até duas semanas antes, durante uma sessão na Câmara dos Comuns, ao lado de seu filho James e da ex-editora-executiva da News International, Rebekah Brooks.

O escândalo se transformou também em uma dor de cabeça para o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, que teve que aceitar a demissão de seu diretor de comunicações Andy Coulson, o homem à frente do "News of the World" quando aconteceram as escutas e que nega ter tido conhecimento de tais práticas.

A polêmica também já cruzou o Atlântico: o Departamento de Justiça dos Estados Unidos prepara citações judiciais, que terminariam com uma investigação sob a Lei de Práticas Corruptas no Estrangeiro, que proíbe às empresas americanas subornar funcionários de outros países.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento