Entretenimento

Canadá quer que centenário de McLuhan represente renascimento de suas ideias

21/07/2011 19h05

Julio César Rivas.

Toronto (Canadá), 21 jul (EFE).- O Canadá lembrou nesta quinta-feira os 100 anos de nascimento de Marshall McLuhan, teórico que revolucionou o mundo da comunicação social, com a intenção de renovar a importância do pensador que nos últimos anos parece ter caído no esquecimento.

Em sua cidade natal, Edmonton, a Universidade de Alberta proclamou o 21 de julho como o Dia de Marshall McLuhan em honra ao professor de literatura inglesa que morreu em Toronto em 1980, aos 69 anos de idade.

Nesta quinta-feira, o McLuhan Legacy Network (MLN), uma organização sem fins lucrativos criada para celebrar o centenário de nascimento do autor e desenvolver um Museu McLuhan, entregou ao escritor canadense John Ralston Saul o primeiro Prêmio Gutenberg Galaxy.

O professor Robert Logan, fundador do MLN, disse através de um comunicado que da mesma forma que "muitos viram McLuhan como um profeta da civilização de seu tempo" Saul "produziu uma grande quantidade de material que examina o estado atual da civilização".

A entrega do prêmio a Saul foi o ponto alto do primeiro Festival MLN, uma série de eventos que começaram no dia 18 de julho em Toronto e continuarão até dia 24 deste mês para tirar McLuhan do esquecimento no qual seu pensamento parece ter caído nos últimos anos.

Se nas décadas de 1960 e 1970 seu pensamento e frases - como "O meio é a mensagem" e "O amanhã é nossa direção permanente" - eram objeto de estudo e controvérsia, nas duas últimas décadas sua figura começou a se desvanecer.

O próprio Philip Marchand, biógrafo do pensador, afirmou ao jornal "The Toronto Star", que "durante algum tempo depois da morte de McLuhan parecia que sua reputação estava destinada ao esquecimento".

"Constantemente encontrava artigos que copiavam o pensamento de McLuhan sem admitir a fonte", uma situação que favoreceu o desvanecimento do autor, explicou Marchand.

Porém, o centenário de seu nascimento parece marcar um ponto de inflexão nessa tendência, em parte porque que muitos consideram que sua obra previu tecnologias como a internet e redes sociais como Twitter e Facebook.

"As numerosas celebrações do centenário de McLuhan deixaram claro que sua reputação sobreviveu e agora está florescendo" concluiu Marchand.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo