Topo

Entretenimento

Riqueza das cortes europeias é exibida em Mônaco

11/07/2011 13h25

Paris, 11 jul (EFE).- Mônaco exibe a partir desta segunda-feira as obras memoráveis e a grandeza das cortes europeias em uma exposição organizada pelo Grimaldi Forum, onde é apresentada como uma viagem no espaço e no tempo da realeza do continente.

A mostra, que ocupa mais de 2,5 mil metros quadrados do Centro Cultural do Grimaldi Fórum, apresenta objetos que pertenceram a 20 grandes monarcas e seus consortes, imperadores e príncipes que o visitante poderá contemplar até o próximo dia 11 de setembro.

O evento acontece após o casamento do príncipe Albert II com a sul-africana Charlene Wittstock. "É um prolongamento dos festejos pela boda real. Apresentar a riqueza das cortes é algo que os visitantes apreciam muito", afirmou à Agência Efe um porta-voz dos organizadores, Hervé Zorgniotti.

Por meio de 700 quadros, retratos, esculturas, móveis, porcelanas, ourivesarias, trajes e joias utilizados pelos monarcas em sua vida cotidiana, os visitantes conhecerão personalidades como a de Filipe V da Espanha, neto do rei francês Luis XIV e sua segunda esposa, Isabel Farnésio, herdeira da imponente coleção familiar.

Algumas destas peças nunca haviam saído das coleções privadas dos soberanos e, no caso da Espanha, o Patrimônio Nacional brindou uma "impressionante" coleção de tapeçarias sobre Dom Quixote, segundo declarou à Efe a diretora de eventos culturais do Grimaldi Forum, Catherine Alestchenkoff.

O rei Luis I de Portugal e a rainha Maria Pia; a rainha Vitória da Grã-Bretanha e da Irlanda e o príncipe consorte Albert; o rei Gustavo III da Suécia e o czar Alexandre II, além dos próprios Grimaldi de Mônaco, são outros dos monarcas representados na exposição.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento