Entretenimento

Carlinhos Brown enche Madri de energia positiva

10/07/2011 21h38

Carlos Palencia.

Madri, 10 jul (EFE).- Fazer os madrilenos esquecerem a crise e as preocupações foi o objetivo que marcou o show de Carlinhos Brown em Madri neste domingo.

"Vocês não estão em crise", declarou o artista no palco perante as quase mil pessoas que assistiram ao show, e afirmou que a verdadeira crise é aquela que "impede as pessoas de sorrirem e abraçarem quem gostam". Neste sentido, assegurou que Madri superará os problemas graças "ao amor que sua gente demonstra".

Vestido com uma estética que lembrava Elvis Presley e um cowboy, e realizando danças que remetiam inevitavelmente a Michael Jackson, o artista brasileiro decidiu começar o espetáculo de maneira sóbria e suave.

Assim, quebrou o gelo com uma música para dançar junto, como "Romântico Ambiente" - extraída de seu recente disco "Diminuto" -, seguida de "Argila", para continuar depois com uma inédita versão samba de "Quanto ao Tempo", canção que compôs para Ivete Sangalo e que interpretou em português e inglês.

Após este presente aos madrilenos, Carlinhos cantou "Carlito Marron", uma das canções que lhe deu fama internacional e para a qual tocou sua guitarra elétrica.

Graças a músicas como esta, "Selva Branca", "Magalenha" e seu hit "A Namorada", cada qual mais animada que a anterior e nas quais foi tocando todo tipo de instrumentos, o brasileiro transformou o recinto em um pequeno mas incandescente carnaval, onde não deixou de mostrar seu agradecimento aos presentes.

Carinhos Brown, como um dínamo inesgotável de otimismo, soube transferir o tempo todo sua energia positiva para um público que não parou de dançar e de seguir com todo rigor todas as ordens que este agitador de massas ordenava e para quem, como assinalou, é imprescindível que os espectadores participem sempre da festa.

Assim, o público se movimentou ao desejo do músico, que bateu palmas, pulou, percorreu o fosso em frente à plateia e inclusive participou de uma improvisada batucada.

Igualmente, este artista ao qual é impossível imaginar triste, soube ganhar os espectadores com suas palavras de elogio a Madri, cidade que lhe "surpreendeu por sua beleza" após a longa temporada de obras, pois, como assinalou, "todo progresso tem seu preço".

A festa continuou com canções como "Frases Ventias", "Maria Caipirinha" - onde o público explodiu de júbilo - e "Garoa", até chegar às emotivas "Meia Lua Inteira", que este virtuoso da percussão, ao som do berimbau, dedicou a Caetano Veloso.

Carlinhos terminou o show com o tema "Ararinha" - que compôs para o filme "Rio" - e um solo de atabaque.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo