Topo

Entretenimento

Optimus Alive investe em atrações para se tornar referência internacional

08/07/2011 17h14

Lisboa, 8 jul (EFE).- O Optimus Alive, considerado o principal festival de música de Portugal, continua com seu processo de maturidade com o qual pretende se transformar em um referência internacional.

Apesar de ter apenas cinco anos, o evento conquistou o sucesso da crítica e do público neste ano com shows de grandes nomes, entre eles Coldplay, Foo Fighters, Chemical Brothers, 30 Seconds to Mars, Blondie e Iggy & The Stooges.

A seleção de estrelas neste ano foi inclusive superior a edições anteriores, em um festival que já contou com Faith No More, Alice in Chains e Pearl Jam em 2010, e que em 2009 recebeu Metallica, Placebo e The Prodigy.

Desde quarta-feira passada e até sábado está previsto que mais de 100 mil pessoas passem pelo festival, após investirem entre 50 e 129 euros para conferirem suas bandas preferidas.

O interesse pelo festival é cada vez mais internacional - em 2010, 10% do público já era estrangeiro -, e não é estranho escutar inglês, espanhol ou alemão no meio da plateia.

Casos como o de Bruno, um jovem britânico que reside em Lisboa e que explicou à Agência Efe que este festival é "uma grande oportunidade para ver muitas bandas novas, assim como alguns grupos famosos como Coldplay, Foo Fighters e inclusive Primal Scream, que eram muito famosos quando eu era estudante", lembrou.

O festival se divide em três palcos: o principal, por onde vão passar as estrelas internacionais; o "Super Bock", reservado para as novas promessas; e o terceiro liderado sem interrupção por DJs.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento