Entretenimento

Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo homenageia a García Márquez

08/07/2011 20h51

São Paulo, 8 jul (EFE).- O sexto Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, que acontece entre os dias 11 e 17 de julho e que hoje deu início a programação paralela, homenageará o escritor colombiano Gabriel García Márquez, com a exibição de vários filmes inspirados em sua obra literária.

A mostra promovida pela Fundação Memorial da América Latina e pela Secretaria de Cultura do estado de São Paulo incluiu o curta-metragem "A Lagosta Azul" (1954) , a única experiência do escritor na direção cinematográfica, que contou com Álvaro Cepeda Samudio, Enrique Grau Araújo e Luis Vicens para realizar a obra, assim como a produção e o roteiro.

"Edipo Prefeito", inspirado no clássico "Edipo Rei" e com um roteiro adaptado para o cinema por García Márquez, também faz parte da agenda.

"Um Senhor Muito Velho com Asas Enormes" e "Cartas do Parque" (Cuba), "Eréndira" e "O Coronel não Tem Quem Lhe Escreva" (México) e "A Viúva de Montiel" (Chile), são outros filmes do festival realizados a partir das obras literárias do escritor colombiano.

Entre os títulos inéditos da mostra aparece "Afinidades", dirigido e protagonizado pelos atores cubanos Jorge Perugorria e Vladimir Cruz, que participaram de "Morango e Chocolate". Perugorria é também o protagonista da produção hispano-colombiana "Edipo Prefeito".

O novo filme do diretor chileno Pablo Larraín, "Post Mortem", vencedor do Festival Cartagena e selecionado para Veneza, San Sebastián e Nova York, também figura na lista.

O encontro cinematográfico de São Paulo apresenta a estreia do argentino Gustavo Taretto, "Medianeiras", premiado este ano no Festival de Berlim.

O evento promove também conferências e debates com os diretores convidados Pablo Trapero (Argentina), Miguel Littín (Chile), Paz Fábrega (Costa Rica) e Iria Gómez Conchero (México); os produtores Lit Stantic (Argentina) e Gustavo Montiel Pages (México); e o roteirista Miguel Machalski (França/Argentina).

O festival reúne cerca de 100 títulos de longas-metragens e exibirá a partir desta sexta-feira 35 curtas produzidos por escolas de audiovisuais latino-americanas e 14 documentários da série Doc.TV.

Uma retrospectiva do novo cinema argentino, com 11 filmes produzidos entre 1995 e 2008, e uma mostra paralela dedicada à diversidade sexual, intitulada "Soy Loco por Ti America", também fazem parte da programação oficial do festival.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo