Topo

Entretenimento

Google contratará empresas de lobby contra investigação de monopólio

01/07/2011 18h55

Washington, 1 jul (EFE).- A Google contratará uma dezena de empresas de lobby para defender seu modelo de negócio, perante uma investigação do Governo dos Estados Unidos sobre suas supostas práticas de monopólio, informou o jornal "The Hill".

"Nós temos uma história forte para contar sobre nossos negócios e buscamos os melhores talentos que encontramos para nos ajudar a contá-la", porta-voz do Google disse o jornal, que pediu anonimato.

Google, que popularizou a difusão de vídeos no YouTube, esteve sob intenso controle do Congresso desde o ano passado devido a assuntos relacionados com a proteção da privacidade dos usuários, e o uso indevido de seus hábitos de busca.

A empresa solicitou a ajuda de várias empresas especializadas em campanhas de pressão para explicar aos responsáveis de política seus pontos de vista sobre privacidade, a proteção dos direitos autorais e a concorrência entre os diversos buscadores na internet, disse o "The Hill".

A lista de influentes empresas que trabalham ao serviço da Google inclui a Akin, Gump; Bingham; Chesapeake Group; The Madison Group, e the Raben Group.

A Comissão Federal de Comércio (FTC, em inglês) iniciou uma investigação sobre as supostas práticas de monopólio da Google, segundo informou recentemente o jornal "The Wall Street Journal".

Concretamente, a FTC investiga se a Google está abusando de seu domínio na internet, e se está direcionando indevidamente os usuários de seu buscador a sua própria rede de serviços, prejudicando seus rivais, segundo o jornal.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento