Entretenimento

Hillary Clinton é novamente personagem de história em quadrinhos

08/06/2011 15h05

Washington, 8 jun (EFE).- A secretária de Estado dos Estados Unidos, Hillary Clinton, é pela segunda vez personagem principal de um livro de histórias em quadrinhos que desde esta quarta-feira está à venda na internet, uma obra que procura mostrar as "maquinações" que a catapultaram a esse cargo.

A empresa Bluewater explicou em seu site que a história em quadrinhos de 32 páginas, com o título de "Political power: Hillary Clinton" (Poder político: Hillary Clinton, em livre tradução) é uma continuação do primeiro livro no mesmo formato sobre a ex-primeira-dama e terceira mulher a ocupar o cargo de secretária de Estado em seu país.

O livro de quadrinhos está disponível em várias livrarias online como "Amazon.com" e "Barnes and Noble" ao preço de US$ 3,99, é uma obra não-autorizada sobre a trajetória histórica de Hillary, de 63 anos.

"Sem nenhuma dúvida histórica, a vida de Hillary Clinton teve grande impacto na política nos últimos 20 anos. Mas em vez de concentrar-se no início de sua trajetória, como ocorreu no primeiro livro, este está centrado nos fatos que a levaram a ser escolhida" para sua atual posição, explicou a empresa.

"Estamos emocionados em apresentar esse livro. O primeiro foi extremamente bem aceito, e ela continua sendo uma pessoa popular e de peso", sintetizou o vice-presidente de Bluewater, Jason Schultz.

O editor do livro, Darren G. Davis, explicou que a meta é "mostrar as armações" que alçaram a ex-primeira-dama e ex-senadora por Nova York para seu cargo atual.

Ilustrado por Daniel Fitz, a história em quadrinhos vai contar todos os aspectos da vida política de Hillary - classificada como um "enigma" -, a partir de suas contribuições à ascensão de Barack Obama em 2004, suas posteriores batalhas pessoais com ele em 2008, quando disputaram quem concorreria à Presidência democrata em 2008.

A empresa considerou que apesar da fracassada campanha presidencial de Hillary, a opinião pública americana ainda tem um forte apetite pela obra e figura de quem quase se tornou a primeira presidente na história dos Estados Unidos.

"Convidamos a examinar conosco o enigma de Hillary Clinton, saber como ela protegeu o homem que eventualmente arrebatou uma candidatura que acreditava lhe pertencer", indica Bluewater.

O autor do livro, o jornalista Jerome Maida, detalhou que escreveu "a partir da perspectiva de alguém que no início não a admirava, mas que durante o processo de investigação chegou a admirá-la e a ficar absolutamente fascinado pela sua história até agora pouco conhecida".

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo