Topo

Entretenimento

Escritora suéca Téa Obreht ganha prêmio de literatura inglês com seu primeiro romance

AP Photo/Sang Tan
A autora Téa Obreth segura o prêmio pelo romance "The Tiger's Wife", vencedor do Orange, prêmio que reconhece a melhor obra escrita em língua inglesa Imagem: AP Photo/Sang Tan

08/06/2011 16h23

Londres, 8 jun (EFE).- A servo-estadunidense Téa Obreht, autora de "The Tiger's Wife", seu primeiro romance, ganhou nesta quarta-feira o prêmio literário Orange do Reino Unido, que reconhece a melhor obra escrita em língua inglesa por uma mulher de qualquer parte do mundo.

O nome da escritora, de 25 anos, foi anunciado em uma festa de gala realizada no Royal Festival Hall de Londres.

Nascida na antiga Iugoslávia em 1985 e educada em Belgrado, Obreht emigrou aos Estados Unidos em 1997 e se tornou a escritora mais jovem a ser reconhecida com o Orange. "The Tiger's Wife", ambientado nos países balcânicos, narra a história de um jovem médico que decide reconstruir a vida de seu avô.

Além da vencedora, concorriam ao prêmio a também estreante Emma Henderson, britânica que competiu com "Grace Williams Says It Loud", e a canadense Kathleen Winter, com "Annabel".

Além delas, estavam na disputa a irlandesa Emma Donoghue, finalista do prêmio Booker no ano passado, com seu sétimo romance, "Room"; Aminatta Forna, nascida na Escócia e criada em Serra Leoa, por "The Memory of Love", e a americana Nicole Krauss por "Great House".

Téa Obreht recebeu da organização do Orange uma estatueta de bronze e um cheque no valor de 33,7 mil euros.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento