Entretenimento

Descoberta história real que pode ter inspirado Ofélia de Shakespeare

AP
Imagem: AP

08/06/2011 09h28

Londres, 8 jun (EFE).- Um especialista da Universidade de Oxford encontrou documentos que comprovam uma história real capaz de ter inspirado o dramaturgo William Shakespeare para o triste final de Ofélia em sua obra "Hamlet".

Steven Gunn descobriu documentos de um legista da época que relata a morte de uma menina chamada Jane Shaxspere, possivelmente prima do escritor, que morreu afogada em 1569 ao cair em uma represa quando colhia flores perto de um moinho em Stratford-upon-Avon, cidade natal de Shakespeare.

Gunn, que participou de um projeto ao longo de quatro anos de acadêmicos da Universidade de Oxford sobre possíveis fontes de inspiração do poeta e dramaturgo, acredita que há uma grande similaridade entre a tragédia ocorrida com essa menina e a morte de uma Ofélia enlouquecida que caiu nas águas profundas de um rio.

As lacunas biográficas na biografia de Shakespeare tornam difícil saber com certeza se uma prima ou outra familiar dele morreu afogada na juventude do futuro escritor em Stratford.

Emma Smith, da Universidade de Oxford, citada nesta quarta-feira pela rede britânica "BBC", diz que é muito provável que Shakespeare tenha sabido do fato, que ressurgiu em sua mente enquanto escrevia a poética cena da morte de Ofélia, que inspirou desde então poetas e pintores.

Há outras teorias sobre a possível inspiração para o personagem de Ofélia, incluída a história da morte, também afogada no rio Avon perto de Stratford, de Katharine Hamlet, dez anos depois da de Jane Shaxspere.

O projeto de pesquisa da Universidade de Oxford revelou mortes pelas mais diversas causas na época, entre elas as de algumas pessoas devoradas por ursos e acidentes de arqueiros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo