Entretenimento

Autenticidade de esculturas inspiradas em obras de Dalí é questionada

Reprodução
Reprodução do Daily mail mostra fachada da galeria Moor House, com escultura "Alice no País das Maravilhas", de Salvador Dalí Imagem: Reprodução

03/06/2011 09h37

Londres, 3 jun (EFE).- Dezenas de esculturas inspiradas em criações de Dalí e apresentadas como obras suas estão expostas atualmente na capital britânica, embora a Fundação Gala-Dalí questione sua autenticidade, informa nesta sexta-feira o jornal britânico "The Guardian".

O multimilionário marchand italiano Beniamino Levi, que organizou em Londres uma exposição para venda dessas esculturas similar a outra que ocorre em Paris, garante ter comprado os direitos dessas esculturas nos anos 1980 do então secretário de Dalí, Enrique Sabater.

Na galeria Moor House londrina, uma peça de cinco metros de altura intitulada "Alice no País das Maravilhas" é vendida por US$ 24,6 milhões, junto a versões menores em múltiplas edições e várias cores.

Algumas dessas "Alices" foram feitas em 2005, ou seja, anos depois da morte do artista espanhol, em 1989, e nenhuma delas teve como base um modelo criado pelo próprio Dalí.

Mas Levi sustenta que, segundo documentos apresentados por Sabater, o artista aprovou a escultura de Alice, que é baseada em um desenho de 1977.

O marchand se negou a mostrar ao jornal britânico o contrato original e os documentos da Fundação Gala-Dalí, responsável pela obra do artista espanhol, que comprovem que muitas reproduções de obras de Dalí foram fabricadas e vendidas após sua morte.

O gerente da Fundação Gala-Dalí, Joan Manuel Sevillano, declarou estar investigando como foram comercializadas milhares de reproduções de esculturas atribuídas ao artista.

"As peças não podem ser classificadas como obras de arte. Trata-se de esculturas comerciais, produzidas com fins decorativos", explica Sevillano, citado pelo "The Guardian".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo