Entretenimento

Famosa pintura dividida entre China e Taiwan é reunida em Taipé

REUTERS/National Palace Museum
Obra "Habitar nas Montanhas Fuchun", do pintor Huang Gongwang (1269-1354), uma das dez telas chinesas mais famosas da história Imagem: REUTERS/National Palace Museum

02/06/2011 09h06

Taipé, 2 jun (EFE).- As duas partes de uma das pinturas mais famosas da história chinesa, dividida pela separação política entre China e Taiwan, foram reunidas em Taipé, em uma exposição realizada no Museu do Palácio Nacional da cidade.

"Temos a grande sorte de poder apreciar esta maravilhosa obra de arte em sua totalidade", disse a diretora do Museu do Palácio Nacional de Taipé, Chou Kung-shin, na cerimônia de abertura.

A pintura é o destaque da exposição "A paisagem reunida: o pintor Huang Gongwang (1269-1354) e sua obra 'Habitar nas Montanhas Fuchun'", que é uma das dez telas chinesas mais famosas da história.

Huang, da dinastia Iuane, terminou esta gigantesca pintura em 1350 aos 82 anos e sua obra esteve a ponto de desaparecer quando o colecionador Wu Hongyu quis queimá-la como parte de seus objetos funerários em 1650.

Embora tenha sido resgatada do fogo por um parente de Wu, a obra ficou dividida em duas partes, uma das quais passou a fazer parte da coleção imperial da Dinastia Qing em 1746, e agora pertence ao Museu Nacional do Palácio de Taipé.

A outra parte, chamada "O resto da montanha", faz parte da coleção do Museu Provincial de Zhejiang, no leste da China, e chegou a Taiwan junto com outras obras para a exposição que será encerrada em 5 de setembro.

A reunião das duas partes da pintura desencadeou muitos comentários em Taiwan e China sobre o simbolismo político de uma possível unificação das duas partes, separadas desde 1949, após a guerra civil entre o Partido Nacionalista e o Partido Comunista.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo