Topo

Entretenimento

Hackers ameaçam atacar sistema do FMI pelo tratamento à Grécia

01/06/2011 20h37

Washington, 1 jun (EFE).- O grupo de hackers "Anonymous" anunciou nesta quarta-feira pelo Twitter a "Operação Grécia", uma mensagem incitando um ataque ao site do Fundo Monetário Internacional (FMI) por seu desacordo com as condições de ajuda à Grécia.

A mensagem não ofereceu detalhes sobre quando poderiam acontecer os ataques e remete a um site no qual são criticadas as condições do plano de austeridade exigido ao Governo grego em troca do pacote de ajuda de US$ 157 bilhões do FMI e da União Europeia.

O Fundo disse nesta quarta-feira estar alerta: "Estamos conscientes da ameaça e tomaremos as medidas apropriadas", afirmou por e-mail o porta-voz do organismo, William Murray.

O "Anonymous" ganhou notoriedade no final do ano passado quando lançou ataques a favor da organização WikiLeaks, após o site divulgar milhares de documentos confidenciais redigidos por funcionários de embaixadas americanas no mundo todo.

Denominada "Operation Avange Assange" ("Operação Vingar Assange", na tradução literal), a empreitada conseguiu derrubar parte dos sistemas informáticos da MasterCard e da Visa, em uma prova do poder da mobilização espontânea pela internet.

A agência de medição de risco Moody's rebaixou nesta quarta-feira em 3 graus a qualificação da dívida soberana da Grécia e ameaçou voltar a degradá-la diante do risco de uma reestruturação e da falta de pagamento da dívida.

O anúncio acontece próximo a um acordo entre a UE, o FMI e Atenas para evitar a falta de pagamento, que incluiria ajuda adicional ao país, novas medidas de austeridade por parte do Governo e, possivelmente, alguma participação do setor privado.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento