Entretenimento

Sotheby's atinge 6 recordes em leilão de arte contemporânea

31/05/2011 19h51

Paris, 31 mai (EFE).- A casa de leilões Sotheby's atingiu nesta terça-feira seis recordes mundiais em uma venda pública de arte contemporânea que arrecadou 19,2 milhões de euros, dos quais 2,4 milhões de euros correspondem ao quadro "Agrigente", do russo Nicolas de Stael.

A pintura alcançou o preço mais alto em uma obra de um artista na França, e a segunda quantia mais elevada arrematada em nível mundial por uma de suas criações, informou a Sotheby's em comunicado.

Mais de 300 pessoas e instituições participaram dos 26 lotes propostos, em uma venda considerada pela casa com um "enorme sucesso".

Um comprador não identificado desembolsou 2,3 milhões de euros pelo "Peinture 130 x 162 cm", de Pierre Soulages, quantia nunca antes paga até agora no mundo por uma peça do francês.

Os quadros mais disputados do pregão foram os de Zao Wou-Ki, cujo "Signe Remue", foi vendido por 1,5 milhão de euros, e o "Sans Titre (Cathédrale)", por 1,9 milhão de euros, um recorde para o artista no Ocidente.

A Sotheby's informou que 60% dos lotes superaram as estimativas de seu preço de saída e duplicaram as previsões desta primeira parte do leilão, que continuará nesta quarta-feira e será seguido por outro de arte impressionista e moderna.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo