Entretenimento

Frühbeck de Burgos elogia Sistema de Orquestras Venezuelano

30/05/2011 16h23

Caracas, 30 mai (EFE).- O diretor de orquestra espanhol Rafael Frühbeck de Burgos qualificou nesta segunda-feira o Sistema de Orquestras Venezuelano como "impressionante" e assegurou que os grupos sinfônicos juvenis "são tão bons como os da Europa".

"O Sistema é uma obra musical impressionante e não só pelo aspecto musical, como também pelo trabalho social que fazem, como tiram os meninos das favelas e os transformam em grandes músicos", disse o diretor à Agência Efe, após dirigir na noite de domingo em Caracas as orquestras Sinfônica da Juventude Venezuelana Simón Bolívar e a Sinfônica Juvenil Teresa Carreño da Venezuela.

Frühbeck, diretor titular e artístico da Filarmônica de Dresden (Alemanha), foi convidado ao país caribenho pelo músico e compositor José Antonio Abreu, fundador do Sistema Nacional de Orquestras Infantis e Juvenis da Venezuela.

"Foi uma experiência fantástica estar aqui, o teatro esteve sempre cheio, foi um sucesso e, além disso muito emotivo", contou Frühbeck à Agência Efe, que garantiu que viu o público chorando de emoção.

"Estes jovens tocam com um virtuosismo impressionante, tocaram o terceiro movimento da Nona de Beethoven como qualquer uma das melhores orquestras da Europa ou talvez melhor", disse o mestre da batuta.

O diretor assegurou que voltará à Venezuela muito em breve, pois Abreu e outros músicos o convidaram novamente.

"Eu tenho 77 anos e faço 110 concertos ao ano, portanto tenho que planejar esta nova visita e já informaremos então quando serão os novos concertos", indicou Frühbeck, que acrescentou que quando retornar à Venezuela oferecerá "uma surpresa" pois já acordou com o diretor do Sistema "fazer algo muito bom".

O espanhol acrescentou que este modelo de educação musical poderia ser copiado em outros países, embora esclarecesse que a nação que tentar "deve encontrar um Abreu e que seja tão dedicado e incansável como ele", pois "é preciso dedicar anos para criar algo tão grande como este".

O Sistema, como o programa de educação musical é conhecido, recebeu o Prêmio Príncipe das Astúrias em 2008, e integra cerca de 300 mil jovens, a maioria pobres.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo