Entretenimento

Peça teatral relata adolescência de soldado que vazou documentos ao Wikileaks

27/05/2011 14h11

Londres, 27 mai (EFE) - O Teatro Nacional do País de Gales estreará em março de 2012 uma obra sobre a adolescência do soldado Bradley Manning, acusado de vazar milhares de documentos confidenciais dos Estados Unidos ao portal Wikileaks.

O espetáculo intitulado "A radicalização de Bradley Manning" (em tradução livre), escrito pelo roteirista Tim Price, será um dos principais destaques da segunda temporada (de agosto de 2011 a setembro de 2012) do teatro, fundado em 2009, e recriará a passagem de Manning por um colégio galês quando tinha 13 anos, segundo a edição desta sexta-feira do jornal britânico "The Guardian".

O soldado, de 23 anos, nasceu em Oklahoma (EUA). Em 2001, após o divórcio de seus pais, mudou-se para o País de Gales, terra natal de sua mãe, e estudou em uma escola secundária na cidade de Haverfordwest.

O jovem analista de inteligência do Exército dos Estados Unidos foi detido no Iraque em maio de 2010 acusado de vazar à organização de Julian Assange documentos militares confidenciais. Em abril de 2011, Manning foi transferido da cela de isolamento na qual estava confinado na prisão de Quantico (Virgínia, EUA) para um centro penitenciário em Fort Leavenworth (Kansas), onde poderá receber visitas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo