Entretenimento

China investirá US$ 30 milhões em restauração de ruínas romanas

27/05/2011 13h34

Pequim, 27 mai (EFE).- O governo da China investirá cerca de US$ 30 milhões até 2013 para restaurar o antigo povoado de Liqian, que aparentemente foi um assentamento romano no atual condado de Yongchang, no noroeste do país, informou nesta sexta-feira o jornal local "Lanzhou Morning Post".

Estima-se que soldados do Império Romano em fuga após terem sido derrotados em batalhas se refugiaram nessa região. O projeto de restauração visa remodelar as ruínas de uma antiga fortaleza construída em forma muito similar às estruturas de defesa romanas e que abrange um quilômetro quadrado, segundo o jornal "China Daily".

A reconstrução do assentamento restaurará residências em estilo romano, um templo, uma rua e uma praça, segundo as fontes. Cerca de cem famílias vivem em Liqian, uma região com laços históricos com o Império Romano na fronteira do Deserto de Gobi.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo