Entretenimento

Teatro invade ruas de Buenos Aires para alertar sobre acidentes de trânsito

14/05/2011 16h00

Buenos Aires, 14 mai (EFE).- O teatro andarilho invadiu as principais ruas de Buenos Aires com divertidas brincadeiras para conscientizar motoristas e pedestres e prevenir os acidentes de trânsito na capital argentina, uma das cidades com maiores índices de mortalidade no trânsito.

Em um tempo máximo de 30 segundos, tempo que demora para o semáforo mudar de cor, os atores do grupo Cabuia, vencedores do concurso realizado pela Prefeitura de Buenos Aires, enfrentam o difícil desafio de chamar a atenção dos motoristas e pedestres apressados.

Vestidos de fisioterapeutas, os atores convidam os pedestres a relaxar em um "spa urbano" montado em plena calçada, onde recebem massagens enquanto escutam sobre a importância de esperar antes de atravessar a rua.

Enquanto isso, duas pessoas disfarçadas de monstros aproveitam os intervalos do semáforo está fechado para encenar uma discussão entre motoristas.

O objetivo fundamental da campanha, lançada nesta semana pela Organização das Nações Unidas, é conscientizar quanto sobre a vulnerabilidade do pedestre.

"Na cidade de Buenos Aires, quatro de cada 10 mortos em acidentes de trânsito são pedestres", assinalou à Agência Efe o diretor de Segurança de Transporte da capital argentina, Pablo Martínez.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo