Entretenimento

Cinema independente aposta em terraços de Nova York

13/05/2011 21h31

Nova York, 13 mai (EFE).- Os terraços de Nova York viraram cenário das produções independentes do festival "Rooftop Films", que em seu 15º aniversário apresentará cerca de 25 filmes e mais de 150 curtas-metragens.

Com os arranha-céus de Manhattan e a emblemática ponte do Brooklyn como pano de fundo, mais de 15 coberturas se transformarão até o dia 20 de agosto em salas de projeção ao ar livre graças a esta iniciativa, que depois de mais de dez anos se transformou em uma verdadeira instituição para os moradores de Nova York.

"Para um nova-iorquino, os terraços são um lugar onde as pessoas se reúnem, um refúgio urbano", disse nesta sexta-feira à Agência Efe o fundador do festival, Mark Elijah Rosenberg, que criou a iniciativa em 1997 com o fim de encontrar um lugar diferente para projetar seus próprios trabalhos.

"Eu era um jovem cineasta e embora apresentasse meus filmes em festivais, queria mostrar para meus amigos e outras pessoas. Por isso, imaginei que uma maneira natural de atrair as pessoas seria projetá-los em lugares interessantes, com a cidade à noite ao fundo", explicou.

O que começou como uma festa entre amigos em seu terraço há 15 anos e um lençol preso à parede como tela de projeção, se transformou em um festival anual para o cinema independente que reúne filmes de mais de 30 de países de todo o mundo.

Porém, a singularidade do "Rooftop Films" não se resume à localização das projeções. O objetivo é transformar o festival "em um evento único, especial, totalmente diferente do que ir ao cinema no fim de semana", segundo Rosenberg.

Assim, cada filme é precedido por um show ao vivo de uma banda independente e depois das projeções são oferecidas bebidas de graça e começa uma festa na qual os presentes podem conversar com os próprios cineastas sobre as exibições.

"Os nova-iorquinos vêm para ver filmes novos que nunca ouviram falar. Além disso, o festival acontece em um lugar único, em um evento que se faz especial por si só", declarou Rosenberg.

O festival, que será encerrado em agosto, também proporcionou ao seu fundador a criação uma organização sem fins lucrativos para promover o cinema independente em Nova York.

Graças às doações dos próprios nova-iorquinos, subvenções da cidade e patrocinadores como o centro de cinema independente IFC, o "Rooftop Films" produz filmes, aluga equipamentos de gravação a baixo custo e coordena programas de cinema para jovens, entre outras atividades.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo