Entretenimento

Procuradoria belga investiga se Google violou direito privado com StreetView

21/04/2011 09h31

Bruxelas, 21 abr (EFE).- A Procuradoria belga investiga a captação de dados pessoais feita pelo Google enquanto criava seu arquivo de fotos de ruas "StreetView" para determinar se a empresa cometeu alguma infração contra a proteção da vida privada, como publica nesta quinta-feira o jornal "De Morgen".

Os automóveis do Google que percorreram as ruas de todo o mundo para construir esse aplicativo também captaram e-mails e outras informações pessoais enviadas por meio de redes sem fios não protegidas por senhas.

"Consideramos que o Google cometeu uma infração flagrante da lei de proteção da vida privada e repassamos nossas descobertas à Procuradoria federal", afirmou ao jornal flamengo Emmanuel Vincart, da comissão da proteção da vida privada belga.

Na Holanda, o Google enfrenta multas no valor 1 milhão de euros por fatos similares, informaram as autoridades holandesas esta semana.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo