Topo

Entretenimento

Nova York presta homenagem a Catherine Deneuve

04/03/2011 21h50

Nova York, 4 mar (EFE).- A cidade de Nova York presta a partir desta sexta-feira homenagem à atriz francesa Catherine Deneuve, símbolo sexual do cinema nos anos 60, com uma retrospectiva de 25 de seus filmes na filmoteca da Academia de Música de Brooklyn (BAM, na sigla em inglês).

Segundo essa organização, está previsto que Catherine, de 67 anos, compareça à inauguração deste ciclo, que irá até o próximo dia 31, e que participe de um debate com o diretor François Ozon, de 43 anos, por ocasião da pré-estreia em Nova York de seu filme "Potiche", protagonizado pela atriz.

A intérprete - que também comparecerá à exibição do filme "Repulsa ao Sexo" (1965), no qual atuou sob a direção de Roman Polanski - começou sua carreira em 1960 graças a sua irmã Françoise, quem a recomendou para um papel em um filme na qual participava.

Dois anos mais tarde, o diretor Roger Vadim lhe deu seu primeiro papel importante, mas sua carreira não recebeu grande impulso até que protagonizou em 1964 "Os Guarda-Chuvas do Amor", de Jacques Demy, que ganhou a Palma de Ouro em Cannes.

Catherine trabalhou com outros grandes diretores como Luis Buñuel, em "A Bela da Tarde" (1966) e "Tristana, uma paixão mórbida" (1970), e com François Truffaut em "O Último Metrô" (1980).

Além destas cintas, que se projetarão todas em formato 35 milímetros, a retrospectiva inclui algumas menos conhecidas como "Les Créatures" (1966), de Agnés Varda, e "La Vie de Château" (1966), de Jean-Paul Rappeneau.

Após Nova York, o ciclo viajará para Los Angeles, Pleasantville, Chicago, Boston, Seattle, San Francisco e Portland.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento