Entretenimento

Juiz britânico aprova extradição de Julian Assange à Suécia

24/02/2011 08h53

Londres, 24 fev (EFE).- Um juiz britânico aprovou nesta quinta-feira a extradição de Julian Assange, fundador do WikiLeaks, à Suécia, país que o reivindica por supostos crimes sexuais.

De acordo com a emissora pública "BBC", o juiz Howard Riddle comunicou sua decisão às partes na audiência realizada no Belmarsh Magistrates Court (tribunal do sul de Londres).

A Justiça sueca acusa Assange de três crimes de agressão sexual e um de estupro a partir da denúncia de duas mulheres, que declararam que os fatos ocorreram em agosto de 2010.

Riddle considerou que não há motivos para pensar que Assange não terá um julgamento justo na Suécia, nem para temer que será entregue aos Estados Unidos para ser processado por traição após o vazamento, através do WikiLeaks, de milhares de documentos oficiais americanos.

Na última audiência deste processo judicial, que ocorreu há duas semanas, a defesa de Assange argumentou que uma extradição imporá ao fundador do WikiLeaks um julgamento sem testemunhas, como o que estabelece a lei sueca para os delitos sexuais.

Os advogados também afirmaram que se for entregue à Suécia, poderá acabar sendo entregue aos EUA, onde pode ser processado por um crime de alta traição e executado.

A defesa de Assange, de 39 anos, tem agora um prazo de sete dias para recorrer da decisão de Riddle na Suprema Corte de Londres.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo