Entretenimento

Michael Kors e Oscar de La Renta exibem suas coleções em Nova York

16/02/2011 22h56

Nova York, 16 fev (EFE).- Michael Kors e Oscar de La Renta, dois célebres estilistas da passarela nova-iorquina, apresentaram nesta quarta-feira suas respectivas e muito diferentes coleções de inverno.

Kors, que este ano celebra seus 30 anos na indústria da moda, apresentou 64 propostas de linhas retas, elegantes e sofisticadas como as celebridades que marcaram presença no Lincoln Center.

A atriz Catherine Zeta-Jones e seu marido Michael Douglas, recém-recuperado de um câncer na garganta, se somaram a cantora e atriz Bette Midler, e as também atrizes Debra Messing, Anjelica Huston e Emma Roberts no evento.

As modelos Angie Harmon, Karolina Kurkova e Erin Wasson, que em outras temporadas participaram de seus desfiles, também não deixaram de comparecer.

Em uma paleta de cores que vai do tom camel ao dourado, passando pelo chocolate, além das diversas tonalidades de cinza, que vão do gelo ao grafite, e sem faltar obviamente o preto, Kors veste para o próximo inverno uma mulher esportiva, pragmática e cosmopolita.

O designer nova-iorquino, que há anos participa como um dos juízes de um "reality show" sobre moda semanal chamado "Project Runway", apresentou peças que, segundo suas próprias notas de produção, "justapõem alfaiataria com lânguidos drapeados".

Suas modelos femininas foram envolvidas em leves sedas, georgette, cachemere, jersey e outros tecidos como o "cashgora" (cachemire e angorá), que também aplicou em impecáveis terninhos, casacos e jaquetas.

A passarela se transformou em um espetáculo-retrospectivo onde estilos das últimas três décadas se misturaram e fizeram dele um dos principais nomes da Fashion Week. O americano esteve no lançamento da Semana de Moda de Nova York nos anos 1990 que ele mesmo resumiu como "30 anos de luxo americano".

Já Oscar de La Renta, em 60 peças, sugeriu para o próximo inverno uma mulher afastada totalmente do minimalismo que pouco antes foi exibido no desfile de Kors e de outros muitos estilistas que há uma semana apresentam suas propostas.

O dominicano naturalizado americano preferiu cores intensas, luxuosos tecidos e apliques como otomana de seda, veludo, lantejoulas e "paillette", mousseline lame e alpacas bordadas que imprimem o luxo clássico característico da marca.

O estilo seguiu do prêt-à-porter ao noturno, que para este acrescentou acessórios como sapatos de salto alto metálicos e chapéus confeccionados em pele de raposa. Dessa forma, deu às suas jovens modelos um ar eslavo e asiático, que também utilizou para adornar o acabamento de casacos e saias.

De La Renta, de 79 anos, apresentou jaqueta e casacos em "patchwork", assim como vestidos e algumas saias em raposa vermelha e outras com detalhes em pedraria e em tons que iam do branco, cinza, chocolate e preto, ao verde e azul intensos sem deixar de lado o fúcsia.

O brasileiro Alexandre Herchcovith apresentará sua coleção nesta quinta-feira, assim como Nanette Lepore e Jeremy Scott.

A Semana da Moda de Nova York se aproxima do encerramento, mas não sem contar com os esperados desfiles de Ralph Lauren e da marca Calvin Klein Collection, nas mãos de seu diretor criativo Francisco Costa, que também serão realizados nesta quinta-feira.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo