Entretenimento

Festival de Berlim estende seu tapete vermelho para divas e anônimos

10/02/2011 10h04

Gemma Casadevall.

BERLIM, Alemanha - O Festival de Berlim estendeu na quarta-feira seu tapete vermelho para a abertura nesta quinta-feira do evento, que até o próximo dia 20 será testemunha de um desfile de divas de Hollywood como também de anônimos.

Os irmãos Joel e Ethan Coen abrirão nesta quinta-feira a 61ª edição do Festival de Berlim com seu western "Bravura Indômita", que inaugurará um festival carregado de boas doses de 3D e cinema latino-americano, em alternância com o desfile de famosos sobre o tapete vermelho.

O diretor da mostra, Dieter Kosslick, organizou uma reunião na terça-feira após receber no aeroporto à presidente do júri, a atriz e diretora italiana Isabella Rossellini, enquanto o público se amontoava nas bilheterias em busca de ingressos.

"O Festival de Berlim sempre reuniu o cidadão comum, berlinense e o visitante, que corre para as portas do teatro com uma paixão que dá ao festival um clima que não tem nenhum outro em seu gênero e categoria", sustenta Kosslick.

O caráter do evento diferencia o Festival de Berlim, em palavras de seu diretor, de seus colegas europeus - Cannes e Veneza -, muito mais elitistas, ao que se soma o fato de ser realizado em uma capital com mais de 3 milhões de visitantes, o que não ocorre em suas rivais francesa e italiana.

Na segunda-feira passada começou a venda de ingressos para praticamente todas as sessões do festival, com um total de quase 400 opções de filmes para escolher entre os 16 indicados ao Urso de Ouro e a programação que inclui a seção Panorama, Fórum, Mostra Geração, Retrospectiva (dedicada este ano a Ingmar Bergman), Cinema Gastronômico, entre outros.

Em um encontro com a imprensa estrangeira, Kosslick disse que os que queiram compartilhar uma exibição com os astros disputarão um lugar nas sessões de gala do Festival de Berlim Palast, nas quais se espera figuras como Kevin Spacey, Ralph Fiennes e Liam Neeson.

O Festival de Berlim oferece também um espaço para produções pouco exploradas, e uma seção de cinema gastronômico - no qual está o filme "El Camino del Vino", do argentino Nicolás Carreras. O brasileiro "Tropa de Elite 2", de José Padilha sobre a guerra das favelas também será exibido nas salas da capital alemã.

As vendas das entradas contam com a modalidade do ingresso de "último minuto" que custam a metade do preço no próprio local meia hora antes do início da sessão, em função dos lugares que tenham ficado disponíveis e a devoluções de última hora.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo