Entretenimento

Regime chinês se alia aos pais para controlar dependência da internet

01/02/2011 11h55

Pequim, 1 fev (EFE).- O Ministério de Cultura chinês colocou em andamento um projeto que dá ferramentas aos pais para controlarem a suposta dependência da internet que atinge milhões de crianças e adolescentes, informa nesta terça-feira o "Diário do Povo".

O "Projeto de vigilância paterna", que entrará em vigor em 1º de março, exige dos provedores de jogos na internet estabelecimento de um site, um número de consulta por telefone e outros canais especiais para que os pais se identifiquem como tais e possam supervisionar a atividade "online" de seus filhos.

Pelo plano, no qual participam sete departamentos do Governo central, as companhias de internet terão de obedecer às limitações e proibições impostas pelos pais para reduzir as horas de jogo que seus filhos dedicam quando se conectam a rede.

Da mesma maneira, as companhias estarão obrigadas a oferecer ajuda aos pais que solicitem para supervisionar a atividade de seus filhos e evitar que participem de "jogos inadequados".

O Ministério recomenda aos pais que não permitam que seus filhos joguem mais de duas horas por dia nem que gastem mais de 1 euro em jogos de internet.

A Academia Chinesa de Ciências Sociais, que constitui o grupo de analistas do Governo, contabiliza em seu território mais de 33 milhões de viciados na internet menores de idade, do total de 457 milhões de internautas do país asiático, a maior comunidade do mundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo